Cafajeste do Bem

Cafajestes também vão para o céu.

Virtual!


Um adorar,
sem poder tocar,
só podendo olhar,
querendo abraçar,
beijar,
morder,
marcar…
mas ficando sempre,
só com o imaginar.
————————————
Marco Paschoal

—   Cafajeste do Bem

Lindo conto de falhas.

Busca-se um amor perfeito,
mas nunca se pergunta:
Quem é você?
Que se deseja tanto,
sonha-se tanto em ter,
e nem ao menos sabe-se,
quem é você?
———————————
Marco Paschoal

—   Cafajeste do Bem

Perfeita… pra solidão!


Até hoje não entendi,
se era minha fascinação
ou a distração dos outros,
que faziam dela,
a mais linda das solitárias.

Para mim,
ela era perfeita,
linda, doce, sexy,
mas a solidão era sua rotina.

Eu não compreendia tal combinação,
mas creio que seu jeito,
fascinante no olhar,
nos lábios,
no andar,
vinham justamente de sua solidão.

Talvez por isso,
ela,
mesmo sem perceber,
tomava atitudes para manter-se só.

Ela flertava com a solidão,
ela maquiava-se de solidão.
——————————————————
Marco Paschoal

—   Cafajeste do Bem

Memória fotográfica.


E agora era assim;
ela não lhe dava mais bola,
não olhava,
quando via,
desviava,
seus recados,
desprezava.

Mas agora?
Agora não adiantava mais,
pois era só ele fechar os olhos
que de todos os jeitos,
ele a enxergava linda demais.
—————————————————————
Marco Paschoal

—   Cafajeste do Bem

Amor liberto.


Amor,
se cuide,
mas descuide-se
para o amor.
Pois só ao se expor,
pode-se amar sem pudor.
—————————————————-
Marco Paschoal

—   Cafajeste do Bem

“Luz!”

—   Luz!

Imaginando-se
com um sol
na alma,
saia pela vida,
tentando,
iluminando,
aquecendo,
de peito aberto,
escancarado,
sempre na esperança
de bronzear uma alma pálida,
arriscando-se,
com seu Amar à toa.
—————————————
Marco Paschoal

“Amor in finito.”

—   Lembra aquele Amor,
de ontem,
Infinito?
Foi só ver um outro hoje,
que o de ontem,
finito foi-se!
——————————-
Marco Paschoal

Desperte!

Meu desejo é que eu desperte,
amores, paixões, afetos…
não dores.

Mesmo em preto e branco,
que me vejam…
em cores.

Que me acusem de atrair, 
mais amores.

Que eu desperte por aí,
mil amores.

Feito pólen em bico de
beija-flores.
——————————————
Marco Paschoal

D.R.


Chega de bate boca;
Anda!
Olha pra mim,
se larga enfim…
tira essa blusa,
solte esse cabelo,
e se dá pra mim.
———————————-
Marco Paschoal

—   Cafajeste do Bem

Tattoo!


Queria te tatuar,
só pra te tatear
sentir seu toque
no tato,
te perceber no contato,
e tatuando estaria
te tateando de fato.
—————————————
Marco Paschoal

—   Cafajeste do Bem

Sonho Vivido.


Sabe…
hoje,
sonhei com você…
foi tão bom!!!

Não foi nenhum sonho erótico, pervertido,
daqueles que a gente acorda preocupado com o que fez ou falou…
foi mais poético, divertido,
igual o nosso dia a dia.

Eu sonhava,
que meu celular despertava
e você já acordada,
me sussurrava quentes palavras de amor.

O mais estranho,
é que quando acordei
me deparei com você,
então percebi,
que minha vida é um sonho
e que não quero nunca nunca,
despertar sem você.
———————————————-
Marco Paschoal

—   Cafajeste do Bem #amor #diadosnamorados #namorados #apaixonados #contos #pensamentos #poesia

Defeitos Perfeitos!


Seus defeitos?
Te digo,
do fundo do peito.
Eles são tão perfeitos,
feitos do jeito certo
pra encaixar nos meus.
————————————————-
Marco Paschoal

—   Cafajeste do Bem

KKK


Riso lindo,
fácil, findo,
riso exposto,
ouço rindo.
———————————
Marco Paschoal

—   Cafajeste do Bem

Amor Mudo

Ela ria,
e eu dizia:
- Te amo!

Eu queria,
ela dizia:
- Mas como?

O silêncio vinha,
e o amor,
gritava.
———————————
Marco Paschoal

—   Cafajeste do Bem

Horas amadas.
——————————

Sabe o que eu estava pensando?

Em ver você acordando,
depois se trocando,
daí me chamando
pra tomar café.

Depois,
um beijinho molhado,
um abraço,
bem dado,
um: - Até logo amor!

Daí,
nos encontramos mais tarde,
pois a saudade
nos arde
e a gente vive,
é de amor.

Então,
contamos sobre nosso dia,
coisas tristes,
alegrias,
pois assim ele foi.

E assim
se vai mais um dia,
como uma música,
melodia,
que o passar das horas compôs.
—————————————-
Marco Paschoal

—   Cafajeste do Bem